Friday, July 30, 2010

Aniversário de Mario Quintana

Em 30 de julho de 1906 nascia Mario de Miranda Quintana, o poeta brasileiro das coisas simples. A ironia de suas obras não atrapalhou a profundidade de seus textos e sua escrita em técnica perfeita. Quando leio textos de Quintana sinto o aconchego e o jeito simples do vovô mas com as alfinetadas da vovó. Delicio-me de qualquer jeito.

Outro dia li no blog Porto das Crônicas um post sobre Mario Quintana e acredito que não poderia homenageá-lo sem mencionar o post... aqui

Então... eis aqui um pouco de Quintana!

Eu queria trazer-te uns versos muito lindos

Eu queria trazer-te uns versos muito lindos
colhidos no mais íntimo de mim...
Suas palavras
seriam as mais simples do mundo,
porém não sei que luz as iluminaria
que terias de fechar teus olhos para as ouvir...
Sim! Uma luz que viria de dentro delas,
como essa que acende inesperadas cores
nas lanternas chinesas de papel!
Trago-te palavras, apenas... e que estão escritas
do lado de fora do papel... Não sei, eu nunca soube o que dizer-te
e este poema vai morrendo, ardente e puro, ao vento
da Poesia...
como
uma pobre lanterna que incendiou!

(Do livro Quintana de Bolso)

1 comment:

Mariane said...

Olá! Além do Compartilhando Leituras, criei um novo blog para postar minhas frases e textos! Quando tiver um tempinho faça uma visitinha, sua presença será uma alegria!!!

Varal de Esperanças - http://marianebraga.blogspot.com/