Friday, February 19, 2010

Three Cups of Tea (Greg Mortenson & David Oliver Relin)

Fazia tempo que queria ler esse livro, não sabia muito sobre a história, apenas sabia que era não-ficção.
Three Cups of Tea - Três Xícaras de Chá, em português - está na lista (aqui) dos mais vendidos do The New York Times por 158 semanas, isso mesmo 158 semanas = 3 anos e pouco.

Alguma coisa muito boa esse livro deveria ter para manter seu posto por tanto tempo, e eu queria muito saber o que era.

Greg Mortenson é filho de pais missionários e professores da igreja Luterana. Nasceu nos EUA mas logo mudou para Tanzânia de onde só partiu no início da adolescência, após o pai conseguir fundar um hospital para o povo da tribo onde moravam. Sua irmã Christa contraiu meningite aos 3 anos e nunca se recuperou por completo, após a morte do pai, Mortenson se sente responsável pela irmã e se torna seu protetor, ajudando a irmã a ter certa independência apesar da debilidade nos movimentos e os ataques de epilepsia (heranças da meningite). A morte de Christa aos 23 anos de idade impactou a vida de Mortenson, sonhava em escalar o K-2, uma das cordilheiras de montanhas mais perigosas e traiçoeiras do mundo, e deixar no topo seu amuleto - o colar que um dia fora de Christa.

Mortenson escala o K-2, em meio ao frio e o sentimento de vazio, descobre que está perdido, após 78 dias de escalada! Tenta encontrar o caminho de volta e vai parar numa comunidade isolada chamada Korphe, apesar de ser um estranho, foi recebido com carinho por Haji Ali, o ancião da vila, que lhe deu o melhor lugar para dormir e o melhor que tinha para comer, não sem antes tomarem três xícaras de chá.

"Observando o ardor com que devoravam a carne, Morterson compreendeu quão raro era aquela refeição para o povo de Korphe, e quão próximo da fome eles viviam".(pag. 29)

Ao passo que se recuperava da exaustão da escalada, Mortenson começa a ajudar aquela gente no que pode, como era formado em Enfermagem, e o hospital mais próximo ficava há 8 horas de viagem, Greg "fazia o pouco que podia para diminiur a avalanche de necessidades" (pag. 31), até encontrar as crianças de Korphe estudando... não havia escola na vila, não havia dinheiro para pagar professores, as crianças estudavam rabiscando com gravetos no chão, sob a luz do sol.

Nem preciso dizer que Greg sentiu um aperto tremendo no coração ao ver a sede por conhecimento daquelas crianças e quão inóspita era a situação naquela vila, prometeu que voltaria para ajudar o povo de Korphe e se mandou para os EUA, onde trabalhou dia e noite, dormindo no seu carro velho, tendo apenas duas refeições diárias em restaurantes fast food, para juntar $12 mil e construir uma escola na vila de Korphe. Tentou pedir doações de celebridades, de políticos, instituições filantrópicas, enfim, foram 500 cartas distribuídas e NENHUMA resposta a não ser a doação de $623.45 feita por crianças da escola onde Jerene, mãe de Greg, trabalhava.

Com a ajuda de um amigo, publicou seu desejo numa revista especializada em montanhismo, tentando sensibilizar àqueles que, como ele, amavam escalar e conheciam as necessidades do povo do Paquistão, especialmente nos arredores dos picos onde escalavam. Como resultado, recebeu o telefonema de Jean Hoerni, milionário inventor dos chips semicondutores no Vale do Silício (aqui onde moro!!!) que doou os $12 mil necessários para a construção da escola.

O que Greg não atentou foi para o detalhe de que a vila de Korphe ficava separada do restanto do país por um abismo, a travessia se dava através de caixas de madeiras penduradas em cordas - como transportariam os materiais necessários para a construção da escola? Antes da escola é preciso contruir uma ponte. Lá Greg volta para os EUA para angariar fundos para a ponte. É na viagem de volta que Greg tem seu coração partido, a médica com quem namorava o deixa e muito por acaso ele conhece Tara, com quem se casa em menos de uma semana.

Construir a primeira escola não foi fácil, além do tempo para angariar fundos para uma ponte (novamente doados por Jean Hoerni), Greg também teve que enfrentar as tensões de um país de cultura religiosa repressiva e rígida, de certa forma dividido, cheio de conflitos de interesse, fora a desonestidade de alguns, e até mesmo o clima severo daquele país. Jean Hoerni faleceu pouco tempo depois de a primeira escola ser fundada, em sua homenagem, mas não sem antes desfrutar do prazer de ter feito um bem para a humanidade, fundou a CAI (Central Asia Institute) e deixou $1 milhão na conta da instituição que tinha Greg Mortenson como diretor.


"Ele pegou seu Alcorão de orelhas dobradas e cinzento e segurou em frente a luz do fogo. 'Vês quão bonito é esse Alcorão?' perguntou Haji Ali. (...) 'Não posso lê-lo. (...) 'Não posso ler nada. Essa é a maior tristeza da minha vida. Farei qualquer coisa para que as crianças da minha vila nunca conheçam essa dor. Pagarei qualquer preço para que tenham a educação que merecem'" (pag. 153)

O dinheiro deixado por Jean serviu para montar a equipe de Greg no Paquistão, construir dezenas de outras escolas em diferentes vilas tão necessitadas quanto a primeira, e manteve o salário dos professores contratados para educar aquelas crianças tão sedentas por educação - mas pouco tempo depois os recursos foram acabando e Greg teve que se aventurar e dar a cara a bater para angariar mais fundos para os projetos do CAI - as aventuras, tropeços, noites em claro estão registrados nas páginas de Three Cups of Tea.

A primeira visita de Greg ao Paquistão foi em 1993, e desde então, Mortenson visita o país pelo menos uma vez por ano, construindo escolas, mantendo as já construídas, ajudando refugiados de guerras - Greg estava no Paquistão quando os aviões atingiram as Torres Gêmeas, 11/9 - foi sequestrado, foi jurado de morte, passou fome, passou medo, foi ofendido, mas também foi tratado como filho por aqueles a quem ajudou (especialmente Haji Ali), sofreu com a morte dos anciãos que o ajudaram a levantar as primeiras paredes das escolas e agora vibra com as vittórias conquistadas pelas meninas, primeiras alunas formadas por escolas do CAI.

Leva certo tempo para realmente se envolver com a história, há muitos, muitos detalhes, detalhes que poderiam ser relevados para não deixar a história cansativa. É difícil memorizar o nome de todas as pessoas mencionadas por Greg, nem lembro quantas vezes fiquei tentando lembrar quem era quem para poder me localizar no mapa e na história, o que ajudou também foram as fotos, daí conhecemos Greg e o outros membros do instituto.


"Dr. Greg, deves encontrar tempo para tomar três xícaras de chá. (...) Haji Ali me ensinou a compartilhar três xícaras de chá, a diminuir o ritmo e que constuir relacionamentos é tão importante quando construir projetos." (pag. 150)


Greg também esclarece fatos sobre os conflitos entre Índia e Paquistão e sobre o Taliban e como conseguiram fundos para financiar os atentados de 11/9, explica como as madrassas "investem" na educação de crianças (meninos) para fazê-las terroristas ou extremistas no futuro. Investir na educação de mulheres foi o alvo principal de Greg, porque os homens quando conseguem um grau de estudo mais elevado, abandonam suas vilas em busca de trabalhos na cidade, as mulheres não, elas retornam para suas vilas para educar e melhorar as condições de vida e sobrevivência da comunidade.

Vale muito a pena ler Three Cups of Tea, parte da renda na venda dos livros é destinada ao CAI, então se você compra o livro sabe que está ajudando a comprar um tijolinho a mais para ajudar as crianças do Paquistão e do Afeganistão... sim, o final de Three Cups of Tea deixa no ar aquela esperança de que Greg ajudará as crianças de Kabul e, Inshallah, de outras cidadezinhas necessitadas do Afeganistão.




Versão do livro para crianças - tem fotos extras - eu tenho as duas versões!


Site do CAI aqui
Site do livro aqui

4 comments:

Daniele Silveira said...

Adorei a dica do livro, vou incorporar à minha lista!!

Relações Públicas da Brigada said...

Sabes se existe o livro em portugues para vender?

Relações Públicas da Brigada said...

Sabes onde comprar o livro em portugues?

Ju Haghverdian said...

Achei o livro em portugues no mercado livro (usado)
http://produto.mercadolivre.com.br/MLB-664519484-livro-a-terceira-xicara-de-cha-greg-mortenson-e-david-oliv-_JM